Pular para o conteúdo

Dieta lacto-vegetariana, menu semanal, consiste de 1900 kcal e é adequado para manter seu peso ou emagrecer se inclui algo de exercício cardiovascular.

Um vegetariano que opta por consumir produtos lácteos, como leite, queijo ou iogurte, mas não consome ovos, carne ou peixe, considera-se que segue uma dieta lacto vegetariana, um dos diversos tipos de dieta vegetariana existentes.

Felizmente para os que levam este tipo de alimentação, há cada vez mais produtos livres de derivados animais e substitutos de carne saborosos, embora a melhor opção sempre vai ser evitá-los, na medida do possível, já que costuma ser tão pouco saudáveis, como os produtos embalados que se incluem os derivados de carne.

Então, hoje nós trazemos um exemplo demenu de dieta lacto vegetariana , para ajudar a todos a pô-la em prática, com segurança, evitando as carências comuns deste tipo de alimentação.

Este exemplo de menu de dieta lacto vegetariana consiste de 1900 kcal em média, pelo que, na maioria dos casos, é apta para manter o seu peso e emagrecer progressivamente se inclui um pouco de exercício cardiovascular.

O conteúdo deste artigo

Se você não é muito rigoroso em suas crenças, lembre-se que existem inúmeras alternativas para levar uma dieta vegetariana, e quanto menos restritiva seja, mais fácil será que inclua todos os nutrientes essenciais para ter uma boa saúde.

Dia: 1

PEQUENO-almoço 552.96 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 gr.
  • Suco de laranja natural 1 xícara 248.00
  • Queijo de mesa 56.70 gr.
  • Mingau de aveia com banana madura 350.00 gr.

COMIDA 774.39 Kcals

  • Nozes, pecanas secas 7.08 gr.
  • Maçãs ao natural, com piél 138.00 gr.
  • Arroz cozido 180.00 gr.
  • Menestra de fréjol terno 170.00 gr.
  • Locro de mellocos 300.00 gr.

JANTAR 681.23 Kcal

  • Ervilhas com cenoura 160.00 gr.
  • Batata ao vapor ou no forno 200.00 gr.
  • Salada de abacate e cebola 120.00 gr.
  • Yogurth com banana sem açúcar 230.00 gr.

Valores nutricionais:

Dia 2

PEQUENO-almoço 461.69 Kcal

  • Pão integral de centeio, 60.00
  • Queijo de mesa 56.70
  • Refeição vegetariana: aveia com rapadura e naranjilla 270.00
  • Infusão de hortelã com rapadura 260.00

COMIDA 802.70 Kcals

  • Mamão, leitosa ao natural 210 gr.
  • Mouros de lentilhas 180 gr.
  • Salada de bichanos com rabanetes 170 gr.
  • Arroz cozido 120 gr.
  • Sopa verde com queijo 240 gr.

JANTAR 676.95 Kcals

  • Chá de camomila 237 gr.
  • Maçãs com iogurte e nozes 250 gr.
  • Arroz cozido 180 gr.
  • Salada de cenoura e queijo 180 gr.

Valores nutricionais:

  • Total Kcals do dia 1,941.34 gr.
  • Proteínas 53 gr.
  • Carboidratos 48 gr.
  • Gorduras Totais 74 gr.

Dia 3

PEQUENO-almoço 631.95 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 gr.
  • Iogurte simples de leite de baixo teor de gordura, 200.00 gr.
  • Cereais prontos para consumir, KELLOGGS, 55.00 gr.
  • Queijo de mesa 28.35 gr.
  • Farinha de banana com naranjilla 200.00 gr.

COMIDA 642.50 Kcals

  • Sopa hortelana 350.00 gr.
  • Arroz cozido 143.00 gr.
  • Menestra de lentilha com tomate 120.00 gr.
  • Salada de alface com tomate e abacate 160.00 gr.

JANTAR 618.16 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 gr.
  • Mandioca cozida 225.00 gr.
  • Queijo de mesa 56.70 gr.
  • Salada de vainitas com limão 160.00 gr.
  • Suco de mamão sem açúcar 200.00 gr. Copo pequeno

DIA 4

PEQUENO-almoço 505.12 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 gr.
  • Nozes, bolotas secas 28.35 gr.
  • Queijo de mesa 56.70 gr.
  • Suco de tomate com rapadura 260.00 gr.

COMIDA 766.03 Kcals

  • Sopa de aveia 300.00 gr.
  • Menestra de grão-de-bico 170.00 gr.
  • Arroz cozido 120.00 gr.
  • Salada de hortaliças 160.00 gr.

JANTAR 523.89 Kcals

  • Arroz cozido 120.00 gr.
  • Iogurte natural com maçã e mamão 350.00 gr.
  • Salada de mellocos 80.00 gr.
  • Salada de tomate com limão 120.00 gr.

Valores nutricionais:

  • Total Kcals do dia 1,795.04 gr.
  • Proteínas 94 gr.
  • Carboidratos 27 gr.
  • Gorduras Totais 61 gr.

Dia 5

PEQUENO-almoço 534.76 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 gr
  • Queijo de mesa 56.70 2 1 onça gr
  • Refeição vegetariana: aveia com rapadura e maçã 350.00 gr
  • Suco de abacaxi com rapadura 240.00 gr

COMIDA 675.02 Kcals

  • Sementes de abóbora assadas, sem sal 20.00 gr
  • Menestra de fréjol bolón 80.00 gr
  • Cozido de couve-flor 240.00 gr
  • Arroz cozido 240.00 gr

JANTAR 689.11 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 gr
  • Queijo de mesa 28.35 gr
  • Sopa de legumes 300.00 gr
  • Arroz cozido 143.00 gr
  • Shake de yogurth com morango, sem açúcar 250.00 gr
  • Ensopado de batata com brócolis e aipo 120.00 gr

Valores nutricionais:

  • Total Kcals do dia 1,898.89 gr.
  • Proteínas 94 gr.
  • Carboidratos 31 gr.
  • Gorduras Totais 03 gr.

Dia: 6

PEQUENO-almoço 506.17 Kcals

  • Pão integral de centeio, 60.00 2
  • Queijo de mesa 56.70
  • Cevada perlada com naranjilla 250.00

COMIDA 794.91 Kcals

  • Abacates ao natural, 80.00
  • Mandarinas ao natural 84.00
  • Choclos com queijo 180.00
  • Salada de alface e rabanete 120.00

JANTAR 609.31 Kcals

  • Nozes, bolotas secas 28.35
  • Inhame cozido, cozido sem casca, preparada sem sal 151.00
  • Sopa verde com queijo 350.00
  • Salada crua de cenoura, pimentão e tomate 180.00

Valores nutricionais:

  • Total Kcals do dia 1,910.39 gr.
  • Proteínas 98 gr.
  • Carboidratos 23 gr.
  • Gorduras Totais 24 gr.

Dia: 7

PEQUENO-almoço 670.84 Kcals

  • Queijo de mesa 56.70
  • Caso simples 200.00
  • Infusão de hortelã com rapadura 200.00
  • Yogurth com banana sem açúcar 230.00

COMIDA 716.32 Kcals

  • Nozes, bolotas secas 15.00
  • Ervilhas com cenoura 200.00
  • Arroz integral 200.00
  • Brócolis dieta 170.00
  • Iogurte natural com maçã e mamão 310.00

JANTAR 597.14 Kcals

  • Arroz cozido 120.00
  • Salada de alface com tomate e abacate 120.00
  • Pêssegos, damascos ao natural 158.00
  • Sopa de imagens sem carne 350.00
  • Salada de mellocos 160.00

Valores nutricionais:

  • Total Kcals do dia 1,984.30 gr.
  • Proteínas 64 gr.
  • Carboidratos 44 gr.
  • Gorduras Totais 78 gr.

As duchas vaginais consistem em limpar em profundidade da vagina, mas os especialistas recomendam evitar, já que podem causar infecções, como o que é conhecido como a doença inflamatória pélvica

Por que não fazer duchas vaginais

Uma ducha vaginal consiste em limpar a vagina em profundidade. Muitas mulheres ao redor do mundo utilizam este tipo de chuveiros para eliminar maus odores e resíduos que tenham podido ficar após a menstruação. As duchas vaginais podem ser feitas com água simples ou bem, com água e vinagre ou com líquidos anti-sépticos específicos para este fim. Qualquer um deles é introduzido na vagina por meio de uma bolsa ou aparelho indicado para esta função.

No entanto, o risco que se corre realizando este tipo de práticas é alto. De fato, os especialistas não recomendam fazer este tipo de limpezas profundas, já que pode causar danos no colo do útero pela força que exerce o líquido ao entrar no interior da área íntima.

As duchas vaginais são ruins para a saúde, porque alteram a flora vaginal, assim como o seu ph. Além disso, podem dar lugar a uma infecção vaginal, bem como provocar outro tipo de infecções no interior do útero. Também pode irritar e inflamar a pele, sobretudo quando se trata de duchas vaginais feitas com ingredientes caseiros.

Muitas mulheres optam por este método de higiene porque consideram que têm um cheiro forte e desagradável. No entanto, esse odor pode ser causa de uma infecção como a gonorréia ou clamídia e deve ser tratada o mais cedo possível.

Por outro lado, as duchas vaginais, além de causar irritação ou infecção, que podem causar uma doença inflamatória pélvica. Esta é uma infecção grave que pode levar à infertilidade da mulher. De fato, as duchas vaginais podem aumentar o risco de uma gravidez extrauterino (a gravidez cresce na trompa de Falópio ou no ovário, ou no canal cervical ou na cavidade pélvica ou na cavidade abdominal).

Se a sua vagina tem um cheiro diferente ou forte, a resposta não é uma ducha vaginal. Melhor háblado com um profissional. Uma mudança no cheiro de área íntima pode ser sinal de uma infecção ou outro tema que deve ser tratado pelo ginecologista.Evite usar perfumes, desodorantes ou qualquer outro produto que possa alterar sua flora vaginal. Antes de tudo, observa bem esta área, e tiver sofrido alguma alteração, procure seu médico.

Seguir uma dieta de baixas calorias para emagrecer com todo o esforço que isso significa pode não servir para nada se não se mudam nossos hábitos de vida,

Uma dieta hipocalórica tem como principal objetivo conseguir uma perda de peso em pessoas que sofrem de grande excesso de peso ou obesidade.

Mas seguir uma dieta de baixas calorias para emagrecer com todo o esforço que isso significa pode não servir para nada se não se mudam nossos hábitos de vida, uma vez que se poderia recuperar o peso perdido rapidamente.

Se você está pensando em começar uma dieta hipocalórica para o emagrecimento, há uma série de regras fundamentais que você deve seguir se quiser que toda essa perda de peso seja continuada e sustentável no tempo.

1.Modificar nossos hábitos alimentares:

De nada adianta seguir uma dieta rigorosa durante alguns meses, alcançando uma perda de peso acentuada, se nada conseguir o nosso peso ideal, voltamos aos nossos antigos hábitos que nos fizeram chegar a esse excesso de peso. Pode, a princípio te custe, mas se você vai mudando pouco a pouco a sua forma de alimentarte, eliminando alimentos pouco saudáveis e cheios de calorias por alimentos mais saudáveis e leves, a mudança será menos traumático.

2.Aumente a sua atividade física:

Aumentar a atividade é fundamental para manter o peso e ter uma melhor saudação. Mas isso não quer dizer que seja necessário fazer exercício de forma extenuante. Se a sua alimentação é adequada, com 3 sessões semanais de exercícios, pode ser suficiente.

3.Alimentação variada:

A dieta de baixa caloria para emagrecer deve incluir todo o tipo de alimentos para garantir uma alimentação correta, evitando qualquer carência nutricional.

4.Parar de comer quando estiver satisfeito:

Muitas vezes continuamos comendo sem fome, simplesmente pelo prazer de comer ou terminar o que nos resta no prato.

Um truque muito mais dinheiro do que possa parecer para manter o peso, é usar pratos pequenos e comer devagar, saboreando cada bocado e mastigando corretamente até que o alimento esteja totalmente triturados já que o nosso cérebro demora um pouco para processar as que já estamos fartos.

Se você terminar o seu prato e você ficar com fome, aguarde 15 minutos para repetir e você vai perceber que uma vez decorrido o tempo, a maioria das vezes, já não terá fome.

5.Diminuir a comida lixo:

Sem dúvida, o pior inimigo de quem busca manter um peso ideal. Diminui ou elimina os alimentos fritos e doces, tanto quanto lhe seja possível. Isso não quer dizer que de forma ocasional não possa desfrutar deste tipo de alimentos sem nenhum remorso.

6.Usa produtos light e desnatados:

É uma boa forma de reduzir calorias sem nenhum esforço.

7.Fazer refeições escassas e frequentes:

Fazer várias refeições ligeiras, de forma frequente, tem demonstrado ser um pouco mais útil na hora de perder peso do que refeições pesadas pouco frequentes.

8.Evite comer entre as refeições:

Embora possa parecer insignificante, este tipo de hábito, dia após dia, pode fazer uma grande diferença a longo prazo.

9.Sal a comprar depois de comer:

Fazer compras com fome, você pode jogar uma má passada, já que, provavelmente, a sua vontade flaqueará e voltará a sua casa com todo o tipo de alimentos que não acordam.

10.As dietas milagrosas não são a melhor opção:

A maioria dessas dietas que ajudam a perder peso de forma rápida, mas costumam ir acompanhados de desequilíbrios nutricionais e um forte efeito rebote.

Seguir uma dieta de baixa caloria pode te ajudar a perder peso, mas tenha em mente que emagrecer é mais fácil do que parece, o difícil na maioria dos casos, é manter essa perda de peso. Lembre-se que se você sempre faz o mesmo, sempre obterá os mesmos resultados.

Um dos principais problemas que causa uma má escolha de roupa interior é o aparecimento de fungos na área íntima e dar lugar a fortes perturbações na vagina da mulher, entre elas o mau cheiro.

A saúde vaginal e a escolha da lingerie

Se você leu certo, a roupa interior também pode causar infecções vaginais. Certeza que quando você vai comprá-la esquecer que benefícios ou desvantagens tem para ti o tipo de tecido de que é feita esta peça de vestuário. Por isso, muitas mulheres colocam-se usar ou não roupa interior para evitar desconforto na área íntima. No entanto, quais são os problemas vaginais podem aparecer?

Os problemas vaginais mais comuns costumam ser a infecções, causadas pela pouca transpiração da tela na área, isto é, que o calor ou umidade se acumula na mesma e, portanto, dá lugar ao aparecimento de infecções.

Um motivo para o aparecimento de infecções é a calcinha de nylon. Costuma ser uma das que causa infecções vaginais por fungos. O nylon retém o calor e a umidade, por isso não deixe transpirar e faz com que o fungo apareça e possa multiplicar-se rapidamente. A lycra, uma tela que muitas adoram o seu conforto, elasticidade e toque. O problema é que é uma fibra sintética com uma base de plástico, absorve a umidade e faz com que aumente a temperatura da vagina. O resultado? o aparecimento de células de Candida.

Por outro lado, se você usa cueca molhada, é outro dos problemas que pode causar fungos na vagina. Por isso, usa cueca seca após o banho, especialmente no verão. Outra das peças de roupa que você pode fazer reviver uma infecção é o uso do fio dental ou roupas íntimas muito apertadas. A calcinha fio dental faz com que a área do ânus, entre em contato com a vagina, o que gera um grande foco de bactérias nestas duas áreas, provocando, além de fungos, mau cheiro ou corrimento de outra cor (verde ou amarelo). Segundo os especialistas, altera o PH da vagina e o crescimento de microrganismos pode resultar em danos mais sérios.

Em resumo, se a calcinha que você usa não deixa transpirar, problablemente por infecções vaginais, que deverá tratar imediatamente antes de que se torne um incômodo maior. A roupa de algodão sempre é a melhor opção, já que evita a umidade e o calor da vagina, pelo que esta se mantém seca e foge de infecções futuras.

As pessoas que seguem esta dieta frutariana para emagrecer afirmam ter mais energia e ter melhorado o seu estado de saúde, mas, fora isso, seguir uma

A dieta frutariana é um tipo de dieta vegetariana, que cada vez está mais presente em nossa sociedade. Isto é devido ao aquecimento global e à premente necessidade de voltar para a natureza, com um sistema que seja sustentável e mais amigável com o meio ambiente. Não há que esquecer que a produção de carne é mais poluente que a indústria do transporte, uma vez que para produzir 1 KG de carne, polui tanto como a condução de um veículo durante 1600 KM, o surpreendente verdade?

A dieta frutariana é semelhante à dieta vegana, mas vai além, uma vez que apenas se consomem frutas, alguns tipos de sementes, nozes e algumas verduras que se possam recolher sem danificar a planta.

A dieta frutariana teve sua origem quando o ser humano era primitivo e sua alimentação era composta de frutas e verduras que colhia.

Embora o normal neste tipo de dieta é um profundo compromisso ideológico, também há pessoas que decidem começar uma dieta frutariana para emagrecer e melhorar o seu estado de saúde em geral.

Os frutarianos preferem consumir alimentos crus, uma vez que consideram que a comida cozida cria dependência física, torna-nos mais susceptíveis a sofrer doenças e nos faz envelhecer antes. A parte de que a produção de carne lhes é insustentável para o atual estado do planeta.

As pessoas que seguem este tipo de alimentação afirmam ter mais energia e ter melhorado o seu estado de saúde, mas, fora isso, seguir uma dieta frutariana para emagrecer ou para melhorar a sua saúde inclui.

  • Aumento da agilidade mental com maior clareza de ideias
  • Melhora a memória e a concentração
  • Aumento da felicidade
  • Desintoxicação e eliminação de toxinas
  • Sensação de saúde plena, em vez de ter alguns órgãos mais fortes do que outros
  • Maior velocidade de cura perante feridas superficiais e machucaduras.
  • Melhora da insônia, estresse e depressão.
  • Melhora do sistema digestivo
  • Melhora do sistema imune contra alergias, vírus e bactérias.
  • Melhoria do estado da pele, cabelo, unhas e olhos.
  • Aumento da fertilidade
  • Mais energia e sensação juvenil com uma melhoria dos sentidos.
  • Perda de peso e de gordura, provocando um aumento da definição corporal.
  • Melhora da coordenação muscular.

Não obstante, não é ouro tudo o que reduz posto que escolher a dieta frutariana para emagrecer ou como estilo de vida, não está isenta de detratores. Há que ter em conta que os médicos e pessoal de saúde em geral sempre têm alertado de que a alimentação frugívora tem uma grande escassez de nutrientes necessários para uma alimentação correta. Podendo até mesmo causar problemas de saúde a longo prazo.

Riscos da dieta frutariana:

  • Ossos fracos
  • Deficiência de vitamina b-12
  • Anemia (falta de ferro)

Outro ponto contra a dieta frutariana para o emagrecimento é que há uma grande quantidade de verduras e frutas que não são digeríveis, a menos que eles estão preparados. É Por isso que as pessoas críticas com a alimentação frutariana argumentam que cozinhar os alimentos a ajudou a aumentar as opções de nutrição em todo o mundo.

Por outro lado, o frugívoros argumentam que os processos de cozimento destroem os nutrientes essenciais nas frutas e legumes.

Quem tem razão, pois ambos. O certo é que mesmo que uma pessoa que está seguindo a dieta frutariana não esteja consumindo todos os nutrientes essenciais, sim, têm razão em que a cozedura dos alimentos destrói grande quantidade de suas vitaminas e minerais.

Se tem a certeza que quer começar uma dieta frutariana para emagrecer, a melhor maneira é fazê-lo pouco a pouco, começando por uma dieta vegetariana, continuando por uma dieta vegana para acabar com a dieta frutariana.

Mas se, por outro lado ainda está indeciso, pode começar por aumentar o consumo de frutas e vegetais crus e, assim, poder fazer uma ideia dos benefícios que você pode obter, enquanto você ainda recebe os nutrientes dos outros alimentos.

A utilização de gases de embalagem reduz significativamente a incorporação de outros aditivos, com a finalidade conservantes, que têm sido cada vez mais...

Na indústria de alimentos são utilizados diversos aditivos para proteger o alimento de quem processos químicos que envolvem a sua degradação, para evitar danificar o produto. Cada produto alimentar industrial embalagem traz incorporada uma série de substâncias, que são agregadas em um recipiente, seja antes ou durante o processo de enchimento. A utilização de gases de embalagem reduz significativamente a incorporação de outros aditivos, com a finalidade conservantes, que têm sido cada vez mais exigidos pelos consumidores que exigem produtos mais naturais e livres de substâncias potencialmente tóxicas.

Neste artigo, você conhecerá um adiantamento de aditivos para proteger os alimentos, mas se desejar mais informações, acesse o seguinte link: Aditivos em alimentos: definição, classificação, função, usos e toxicidade

O conteúdo deste artigo


O que são os gases de embalagem?


Os gases de embalagem são aditivos alimentares no estado gasoso, que são colocados em um recipiente no momento anterior, durante ou após o seu enchimento com um determinado alimento, com o objetivo de proteger o alimento de algumas alterações químicas, como são a oxidação e decomposição.


Estas substâncias gasosas permitem que o produto se mantenha em perfeito estado de conservação, enquanto que a embalagem permanecer fechada. Geralmente, são gases inertes, com a finalidade de evitar que sejam susceptíveis de reagir quimicamente com os produtos alimentares e os modifique de alguma forma.


Como usar esta tecnologia de gás de embalagem


Há algum tempo, como uma forma de reduzir o uso de aditivos e conservantes, utilizando as tecnologias de embalagem em atmosfera protetora (EAP) que são utilizados em uma grande variedade de produtos alimentares: vegetais, produtos lácteos, carnes, pescados, pratos prontos, entre outros. Estes modernos sistemas de embalagem são os encarregados de produzir um ambiente gasoso artificial ideal para a conservação do produto alimentício, onde o recipiente atua como uma barreira isolante da atmosfera externa.


Implicam, como primeira medida, a eliminação do ar contido no recipiente (vazio), seguido ou não da injeção de um determinado gás ou mistura de gases específicos de acordo com as características físico-químicas do alimento. Esses sistemas de embalagem em atmosfera protectora existem três componentes básicos: os gases de embalagem, material de embalagem e equipamentos de embalagem.


Gases de embalagem mais empregados:


Entre os gases de embalagem mais empregados são o oxigênio, o dióxido de carbono e o azoto, que realizam sua ação protetora, por si só, ou em uma combinação definida de acordo com o alimento de que se trate. Com relação aos materiais de embalagem, muitas vezes usado tipos de polímeros camadas com propriedades de barreira que varia de acordo com as características específicas do alimento embalado.


Dentro dos equipamentos de embalagem em atmosfera protectora, existem algumas opções, dependentes das necessidades do tipo de alimento a ser embalado, bem como os projetos de embalagem necessários e os níveis de produção que lhe são próprios a cada fabricante.


Para que se utilizam os gases de embalagem?


Servem para manter a qualidade sensorial destes alimentos e prolongar o tempo de sua vida comercial, que pode dobrar e até mesmo triplicarse com relação à embalagem tradicional em ambiente com ar comum.


Quais são os gases de embalagem


Os aditivos indicados como gases de embalagem que atualmente estão aprovados pelo Codex Alimentarius para a sua utilização em alimentos industriais, são os seguintes:


Dióxido de carbono (E-290)


Este gás é utilizado também como solvente de extração, a hélice, o agente de congelamento e acidulante, foi avaliado sobre seus efeitos no organismo pelo Comité de Peritos sobre Aditivos e Contaminantes Alimentares da OMS e da FAO (JECFA) no ano de 1985, e sua Ingestão Diária Aceitável por quilo de peso (IDA) não foi especificado por este organismo internacional, se bem que algumas fontes indicam que o consumo deste gás pode causar efeitos colaterais como vômitos, afogamento, elevação da pressão arterial, etc.

Como usar:Em diversos tipos de alimentos, como aqueles que são complementares para lactentes e crianças pequenas. Outros produtos variados são: frutas frescas embaladas, concentrados de néctares e sucos de frutas, massas e macarrão frescos, natas, coalhada e queijos, entre outros.

Nitrogênio (E-941)


A JECFA não considera necessário estabelecer uma Ingestão Diária Aceitável por quilo (IDA) para o nitrogênio que está incluído em todos os produtos de mercearia e bebidas industriais, após a avaliação levada a cabo no ano de 1980. Este aditivo também é empregado como agente de congelamento.


O nitrogênio que se inclui em fórmulas e alimentos complementares para crianças, entre uma infinidade de produtos, é considerado inofensivo hoje em dia.


Outros gases de embalagem e seus usos mais comuns são:



  • Argônio(E-938), para produtos enlatados.

  • Hélio(E-939), para produtos enlatados.

  • Oxigênio (E-948) para enchimento de legumes e outros produtos vegetais.

  • Hidrogênio(E-949).

Algumas considerações finais


Dentro das opções mais saudáveis para a produção de alimentos e prolongar a sua durabilidade ao longo do tempo, estes gases de embalagem parecem uma opção adequada e confiável de uso, de acordo com os dados disponíveis atualmente.

Os exercícios de Labirinto, não são as únicas soluções para fortalecer a vagina. Te ensinamos como você pode conseguir o rejuvenescimento com os pesos vaginais.

Como conhecer bem a sua xoxota

Se você vai ao ginásio para fortalecer suas pernas e glúteos, por que não exercitar também a vagina? A maioria das mulheres já são conscientes dos benefícios maiúsculos que representa este tipo de exercícios e agora, como alternativa aos exercícios de Labirinto, surgem os pesos vaginais.

Estes instrumentos, também conhecidos como cones vaginais, foram projetados para fortalecer sem muito esforço os músculos do assoalho pélvico. Os pesos vaginais têm a forma de tampão e no seu interior contém uma pequena pesa que pode variar de acordo com a intensidade de exercícios sem que esta mude de tamanho. Também existe outro tipo de peso que consiste em uma pequena esfera, que se introduz na vagina, com uma corda que se posiciona entre as pernas e que pende da pesa.

O melhor de pesos vaginais é que são muito fáceis de usar. Inclusive, você pode estar fortalecendo sua xoxota enquanto você faz outras atividades. O ideal é que as utilize, durante duas vezes ao dia em porções de cerca de 15 minutos, tanto de pé em pé. Você pode variar suas rotinas para ir crescendo em intensidade. A própria força de gravidade da pesa fará com que os músculos se contraiam e, portanto, se fortalecerá a xoxota.

Pesos para fortalecer a vagina

Graças a esses exercícios, a vagina se fortalece, o que pode resultar em uma melhora dos problemas de bexiga. Além disso, é possível fortalecer os músculos depois de dar à luz. Um dos motivos que mais leva as mulheres a usar os pesos vaginais é o controle que estas se dão sobre seus músculos, o que torna mais fácil de obter um orgasmo durante uma relação sexual.

Antes, só existiam os arqui conhecidos exercícios de Labirinto; aqueles que se trata de contrair e relaxar os músculos vaginais. No entanto, os pesos vaginais podem ter algumas vantagens sobre esses movimentos. Em primeiro lugar, há mulheres que acham que é muito complicado controlar os músculos do assoalho pélvico, o que nunca conseguem fazer estes exercícios de forma correta. Além disso, para que a técnica de Labirinto, tenha eficácia e se comece a notar a mudança, é necessário ter perseverança e praticá-los de forma regular. Embora a princípio pode ser que nunca se esqueça de fazer seus exercícios, todos temos que admitir que, com o passar do tempo, nós fazemos os exercícios somente quando lembramo-nos.

Os pesos vaginais são, portanto, a melhor alternativa para exercícios de Labirinto.

Tomar chocolate todos os dias tem propriedades e benefícios para a saúde. Se você tomá-lo todos os dias você deve saber que...

Tomar chocolate todos os dias tem propriedades e benefícios para a saúde. Se você tomá-lo todos os dias você deve saber que é um alimento muito nutritivo, capaz de ativar a segregação de serotonina, estimulando o prazer quando o paladar e oferecer uma série de princípios ativos, quando é metabolizada.

Além de ser um alimento irresitible, irreprimível para muitas pessoas, os seus efeitos podem alterar o humor e produzir uma sensação de bem-estar.

Isso, juntamente com as qualidades que o tornam uma sobremesa ideal para depois da refeição, como aperitivo ou para beliscar em qualquer momento o levam a todas as casas do mundo.

Que é o chocolate

Tirada em forma de trufas, como ingrediente em um bolo, para a taça, com churros ou de cor branco ou preto pode me com outros ingredientes para fazê-lo picante, salgado ou doce.

Existem muitas formas de levar chocolate, como também maneiras de prepará-lo e marcas que deve utilizar em função de suas propriedades.

O chocolate puro é sem lactose, mas existem variedades que contêm a preparar-se com leite.

chocolate puroEmbora a maioria das pessoas, sabemos o que é, outras podem sentir curiosidade por descobrir que o chocolate vem do cacau puro, as sementes da planta "Theobrama cacao".

Em sua forma natural não é o que conhecemos, mas que precisa passar por vários processos em que são retirados alguns dos princípios ativos das sementes de cacau para assim poder elaborar chocolate 72% e com outras qualidades e pureza. Para produzi-lo, é preparado a partir das sementes de cacau e a manteiga. Esta é a gordura com todas as propriedades e benefícios que, em seguida, entregará a qualidade e qualidades organolépticas, o sabor, aroma e textura, paladar.

Em função dos usos você precisará comprar chocolate Slim, trufas, fondant ou marcas como Pacari, Valor, Milka, etc.

Então, vamos ver primeiro as diferentes variedades de chocolates para aprofundar em suas variedades e propriedades para que possa escolher o melhor chocolate do mundo, ao menos para suas necessidades.

Tipos de chocolates

tipos de chocolates

  • Negro.
  • Branco.
  • Chocolate com leite.
  • Slim
  • O copo.
  • Trufas.
  • Fondant.
  • Para bolos.
  • Belga.
  • Suíço.
  • Sem glúten.

Atualmente existe uma grande variedade de tipos de chocolate. Alguns estão à venda em comprimidos de 100, 200, 300 gramas e outros, em troca, em forma de pó.

Além disso, existem as versões de chocolate para derreter, o chamado "fondant", que passa a ser líquido, de certa temperatura.

Preto

É o mais conhecido e que engloba a maioria dos chocolates. É apresentado em comprimidos de diferentes tamanhos e pureza de acordo com a marca. Cada fabricante cria suas variantes, tentando alcançar o gosto do maior número de consumidores possível.

O cocholate preto é diferente dos outros porque não contém leite e deve ter pelo menos 45% de cacau.

Chocolate branco

É uma variedade elaborada com manteiga de cacau, açúcar e leite. Seu nome vem da cor. Este é branco com tons de marfim. Nos Estados Unidos e na União Europeia, o chocolate branco deve conter, pelo menos, 20% de cacau, enquanto para receber esta denominação.

O resto de ingredientes em açúcares e sólidos do leite varia de um lugar para o outro.

Com leite

bombons de chocolate ao leiteElaborado com diferentes percentuais que vão de 25% a 40% de cacau é o mais apreciado pelas crianças. A composição do chocolate com leite é:

  • 25 a 40 por cento de cacau.
  • Leite.
  • Açúcar.
  • Avelãs.
  • Amêndoas

É muito comum acrescentar as avelãs para melhorar o seu sabor como incluir amêndoas inteiras dentro de tablets.

Em relação às quantidades dos outros ingredientes variam em função da marca. Quanto mais cacau contém mais forte é o sabor, maiores efeitos excitantes e o aumento do preço é exponencial.

Slim

Esta é uma das variantes mais atuais. Devido à demanda de muitas pessoas amadoras comer este doce, mas que desejam cuidar da linha foi desenvolvido um tipo de chocolate Slim especial. O chamado "Slim", na verdade, não é o mesmo, embora contenha uma parte dele.

Dentro do chocolate para emagrecer ou choco magro existem, também, diferenças. Algumas marcas estão fabricándolo bebible, com frutas da floresta, como bagas de açaí, chá verde, bagas de goji, ganoderma lucidum e chia. E até mesmo algumas podem adicionar cerca de 2% de l-carnitina, extrato que melhora o efeito de queima de gordura quando se incrementa o exercício físico.

Belga

Iguarias de chocolate Belga, chocolates para presentearÉ uma denominação para um dos tipos mais bons e com maior qualidade. O chocolate belga é muito famoso por ter um sabor diferente, intenso e com muita qualidade. Seu sabor é peculiar, e procede do original de St. Hubert, em Bruxelas, quando o introduziu para melhorar o sabor dos medicamentos.

Os melhores chocolates belgas são muito apreciados em todo o mundo, quando os vendem no tablet, chocolates em chocolate artesanal, sem gordura vegetal adicionada para manter ao máximo a sua qualidade, sabor e aroma.

Se você quiser comprar chocolate belga autêntico deve procurar o selo de qualidade "Ambao" e, se você gosta caro, você pode experimentar as marcas Corné, Galler ou Neuhaus.

Propriedades e benefícios

  • Reduz a pressão arterial.
  • Estimula a circulação sanguínea para as células.
  • Melhora o humor.
  • Aumenta o açúcar no sangue.
  • Elimina a fadiga.

Muitos dos benefícios do chocolate estão relacionados com a função cerebral. Quando você come, e passa ao fluxo sanguíneo seus princípios ativos são capazes de modificar o humor e ativar a segregação e, portanto, corrigir a serotonina baixa no sangue. Esta propriedade de chocolae tem um papel muito importante na atividade neuronal e o estado do sistema nervoso central.

Diferenças com o chocolate Slim

A composição diz tudo. O de sempre, o puro ou com chocolate preto é o elaborado com cacau e açúcar e o Slim é uma mistura com plantas e extratos naturais indicados para acelerar o metabolismo das gorduras e favorecer os efeitos de uma dieta de emagrecimento.

A ideia é manter o sabor doce e algumas das propriedades do chocolate, adicionando-os princípios ativos contidos em outros extratos. Assim que o chocolate Slim é um produto para emagrecer , mas mantendo o sabor do normal.

Tomar chocolate preto ou branco

Devido a que a sua produção contém ingredientes diferentes, o resultado final, como é lógico, também mostra propriedades e benefícios diferentes.

  • O chocolate puro e o preto contêm vestígios de teobromina, enquanto que o branco não e, se as tem, é em pequena quantidade. A cor, assim como parte do efeito de energia é devido a este elemento natural do cacau.
  • Outra das particularidades que a diferença é para uso em panificação. O chocolate branco é mais difícil de manipular e há que tratá-lo com cuidado quando aquecido, já que a manteiga de cacau pode separar-se de seus outros ingredientes.
  • O escuro é menos doce, às vezes amargo, dependendo do grau de pureza.
  • Chocolate preto é amargo à medida que aumenta a percentagem de cacau.

Quantidade de cacau no chocolate

  • Preto, mais de 44% de cacau.
  • Branco mais de 20% de cacau.
  • Entre 25 e 50% é com leite.
  • Com avelãs tem uma quantidade de cacau entre 8% e 40%, como Nocilla, Nutella e produtos para barrar semelhantes. Utilizam uma mistura de cacau e avelãs para obter um sabor característico.
  • Cereais com um 8 ou 10 por cento, mas pode atingir cerca de quarenta por cento.
  • Fondant tem 40% de pasta de cacau.
  • Cobertura 31 ou 32% de manteiga de cacau.

Share on Google+Tweet about this on TwitterShare on Facebook

A dieta dissociada é muito popular e foi criada pelo Dr. William Howard. É a mais recomendada por profissionais da saúde por ser uma dieta equilibrada.

A dieta dissociada é a mais antiga e popular de dietas para emagrecer (data do ano de 1911, criada pelo Dr. William Howard). É, sem dúvida, a mais recomendada por profissionais da saúde por ser uma dieta equilibrada e, por conseguinte, também a mais estudada.

Não tem em conta que alimentos se fazem aumentar de peso, mas a combinação de alimentos que colocar na sua dieta.

Continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre a dieta dissociada, lista de alimentos e menu semanal e receitas incluído.

O conteúdo deste artigo

O QUE É A DIETA DISSOCIADA

A dieta dissociada é consumir um grupo de alimentos por um determinado período de tempo. Pode tratar-se de apenas uma refeição, um dia ou mais.

Os grupos de alimentos correspondem, principalmente, com os três macronutrientes fundamentais da dieta, os hidratos de carbono, proteínas e gorduras, observa os alimentos fontes de cada um na tabela.

TABELA DE ALIMENTOS

Você pode combinar os grupos A ( carboidratos) E B ( gorduras, principalmente), por um lado, e B E C ( proteínas), por outro lado, mas você tem que respeitar um tempo de descanso de três a quatro horas entre a ingestão de A E C. Saiba porque em "COMO FUNCIONA A DIETA DISSOCIADA".

Portanto, podemos dizer que o grupo B é considerado o grupo neutro e os alimentos que se encontram no dos você pode combinar com qualquer alimento.

Se ainda lhe restam dúvidas de como combinar os alimentos, junta-se na tabela os dois alimentos que quiser combinar e se você encontrar um SE, adiante, um NÃO, não é conveniente e uma M, apenas combiná-los no caso de que já tenha atingido o seu peso ideal e ter que mantê-lo.

FRUTA ACIDA
FRUTA DULCEFRUTOS SECOSCEREALESLEGUMBRESHORTALIZASVERDURAS COM AMIDO
VERDURASHUEVOSLACTEOSCARNESFRUTA ÁCIDASINONONONONONONOSINONOFRUTA DOCE
NOSIMSINONOSINOSINONOFRUTOS SECOSNOMSISIMSISISISINOMCEREAISNOSISISISISINOSISIMNOLEGUMESNONOMSISISINOSINOMMPRODUTOS HORTÍCOLASNONOSISISISISISISIMSIVEGETAIS COM AMIDO
NOSISINONOSISISISISINOLEGUMESNONOSISISISISISISIMSIOVOSSISISISINOSISISISIMMLATICÍNIOSNONONOMMNOSINOMMNOCARNESNONOMNOMSINOSIMNOSI

COMO FUNCIONA?

O objetivo da dieta dissociada é evitar a combinação de alimentos com efeito ácido com os alcalinos. A mistura destas substâncias foram relacionado com aumento de peso, devido à alteração e atraso na digestão e no metabolismo que produzem.

Os alimentos ácidos, melhor dito, aqueles que necessitam de um meio ácido para digestão (PH: menor que 7), são, principalmente, os de origem animal, fontes de proteínas como as carnes, ovos e produtos lácteos. Os quais requerem um período de digestão longo que se você não se respeita, ou seja, se você consome outros alimentos enquanto se produz o processo, estão definhando gerando podridão e mal-estar intestinal.

Em vez disso, os alimentos alcalinos, ou seja, os que necessitam de um meio alcalino para digerirse (PH: maior do que 7), fontes de carboidratos, como cereais e legumes têm um período mais curto de digestão.Mas, de igual modo, exigem que se consumam sem misturar com ácidos para favorecer a digestão. E assim, evitar o indesejado efeito de fermentação e posterior inflamação intestinal, flatulência e dor abdominal.

Embora esta teoria não combinar carboidratos e proteínas é posta em causa, ao poder o ser humano digerir sem inconvenientes alimentos que contêm ambos os nutrientes em sua composição, como é o caso das leguminosas e nozes.

Em conclusão, vemos que a dieta dissociada melhora a digestão e favorece a correta absorção de nutrientes e, desta forma, beneficia a perda de peso.

Mas não só otimizar a digestão e colabora para diminuir o seu peso, mas que a dieta dissociada para emagrecer, é útil, uma vez que, disminuyes suas calorias diárias ao não alcançar a cobrir com um único grupo de alimentos a sua ingestão habitual de calorias, aumenta o consumo de fibra e reduzir o consumo de gordura.

COMO FAZER A DIETA DISSOCIADA

Existem 3 alternativas para seguir esta dieta:

  • Primeira: Para cada refeição

Inclui diferentes grupos de alimentos em cada refeição, você pode seguir esta opção, até dois meses. Esta é sem dúvida a opção mais recomendada ao incluir o dia todos os grupos de alimentos e, assim, evitar deficiências. um pouco mais abaixo, mostramos as versões de baixas calorias e circadiana que seguem esta alternativa.

Cada dia você selecionar um grupo distinto de alimentos como segunda-feira de hidratos, terça-feira de proteínas, Quarta-feira de gorduras. É conhecida como a dieta dissociada clássica.

  • Terceira: Para longos períodos de tempo

Alternadas em cada refeição, os grupos de alimentos repetidamente por vários dias, por exemplo, por 6 meses. Assim, você pode perder cerca de 15 kg neste ciclo, sempre e quando escolher uma dieta hipocalórica associada.

COMO COMEÇAR A DIETA DISSOCIADA

Tenha em conta estes pontos importantes:

  • Respeita pelo menos as três refeições principais: café da manhã, almoço e jantar para evitar sentir fome e criar reservas em seu corpo. O almoço deve ser a refeição mais importante com carboidratos e reserva das proteínas para o jantar.
  • Espera de três a quatro horas entre as refeições para favorecer a absorção adequada de nutrientes.
  • Coloque-o sempre à mão a lista de alimentos pertencentes a cada grupo para evitar erros na combinação. É fácil adherirte a dieta e evitar erros, se você adicionar apenas um alimento básico em seu prato, por exemplo, carne ou massa com uma pequena guarnição de legumes.
  • Evite combinar diferentes fontes de proteínas (carne vermelha, peixe) ou carboidratos (banana e pão) em uma mesma refeição. Como também evita misturar carboidratos com gordura ou frutas ácidas com as doces.
  • Prioriza as frutas em jejum ou pequenas refeições (lanches) para evitar a combinação com outros nutrientes e melhorar a sua absorção.
  • Abstém do consumo de cafeína, álcool, refrigerantes e alimentos processados e enlatados que produzem inflamação e combinam em sua maioria, carboidratos e proteínas. Esses nutrientes, você pode obtê-los de alimentos naturais.
  • Acompanha a dieta dissociada com atividade física aeróbica, como caminhar, andar de bicicleta, zumba que permitem dar forma ao seu corpo, e de uma adequada ingestão de água pelo menos 2 litros.

QUAL É A MELHOR DIETA DISSOCIADA

Para escolher a melhor dieta dissociada, apresentamos antes, as diferentes versões desta dieta.

  • Versão Clássica: Consiste em consumir cada dia da semana um grupo distinto de alimentos. Segunda-feira só vegetais, terça-feira, carnes, ovos quarta-feira, quinta-feira, leite integral, sexta-feira de peixes, sábado apenas frutas e por último domingo consumir todos os grupos
  • Versão baixas calorias: contém apenas um grupo de alimentos em cada refeição, no café da manhã só frutas, almoço apenas de carboidratos complexos, como massas ou pão ou arroz ou batatas, sem combinar entre si e jantar proteica composta por carnes vermelhas ou peixes ou produtos lácteos. Tanto no almoço como no jantar, você pode incluir vegetais crus ou cozidos.
  • Versão Circadiana: Semelhante à versão anterior, que distribui os alimentos de acordo com a influência dos hormônios no seu corpo. Consome carboidratos só no café da manhã e almoço, quando a hormona conhecida como cortisol evita o acúmulo de gordura e promove a sua utilização como fonte de energia. E as proteínas ingeridas na segunda metade do dia contribuem para a formação de músculo.

Esta última versão da dieta dissociada é a melhor ao colocar ênfase no metabolismo e como prestar atenção às hormonas envolvidas contribui para a redução de peso.

Esta versão é baseada no menu de dieta dissociada para emagrecer que oferecemos e suas respectivas receitas.

DIETA DISSOCIADA MENU

De seguida, apresentamos-te um menu para que te guies, no momento de realizasr sua dieta:

SEGUNDA-feira

CAFÉ da manhãChá verde com um punhado de nozesALMOÇO Macarrão penne com repollitos de brusellaLANCHEIogurte com rolinhos de queijoJANTARFrango ao forno com forro de espinafre e alho

TERÇA-feira

PEQUENO-almoçoAlgumas fatias de abacaxiALMOÇOBatatas ao forno recheado com couve-flor e cebolaLANCHEOvos mexidos com ervasJANTARBrochette de lombo, cogumelos, berinjela e pimentão

QUARTA-feira

CAFÉ da manhãCereais integrais, farelo de aveiaALMOÇOSalada de grão de bico com rucula, tomate, cebola e alhoLANCHETiras de cenoura com queijo perfeita para barrarJANTAROvos recheados com uma mistura de atum e espinafres processada

QUINTA-feira

PEQUENO-almoçoTortillas de milho com queijo gratinadoALMOÇOSpaghettis integrais com tomate cereja, manjericão e azeite.LANCHEGelatinaJANTARPedaço de salmão branco com cogumelos e funcho

SEXTA-feira

PEQUENO-almoçoCompota de ameixasALMOÇOSalada de beterraba, repolho branco, arroz integral e amêndoasLANCHEOmelette de queijoJANTAR: Sopa de frango e vegetais

Segunda-feira

CAFÉ da manhãcom Biscoitos de arroz com tomate e queijoALMOÇOPanquecas integrais com vegetais crusLANCHECopo de leite desnatado com espetos de queijo e azeitonasJANTARSalada de peru, rucula e tomate cereja

DOMINGO

CAFÉ da manhãPão integral com pasta de amendoimALMOÇOCuscuz com brócolisLANCHEOmelette de espargosJANTARCarne de porco com forro de feijão verde e cebola picada

DIETA DISSOCIADA RECEITAS

A seguir apresentamos 5 fabulosas receitas, para fazer mais variada a dieta, prepare as que sejam de seu gosto:

PEDAÇO DE SALMÃO BRANCO COM COGUMELOS E FUNCHO

Ingredientes

  • Salmão branco: 200 gr
  • Fungos: 100 gr
  • Erva-doce: ½ unidade chico
  • Tomilho: 1 raminho
  • Zimbro: 2 bagas

Preparação

  • Tem os cogumelos em fatias finas, e lâminas no forno ou ferro
  • Curta a erva-doce, tempera e cozinha um minuto
  • Grelha de peixe e acompanha com os fungos e funcho
  • Você pode salsear com suco de tomate

PANQUECAS INTEGRAIS COM VEGETAIS

Ingredientes

  • Panquecas integrais: 2 unidades
  • Cenoura: 1 unidade ralada crua
  • Queijo perfeita para barrar batido: 4 cdas soperas
  • Pepino: 1 unidade cortada em fatias finitas
  • Tomate: ½ unidade em fatias finitas
  • Repolho: 1/8 unidade ralado

Preparação

  • Coloque em uma tigela todos os legumes, misture com o queijo perfeita para barrar
  • Preencha as panquecas com a mistura, enrole

CUSCUZ COM BRÓCOLIS

Ingredientes

  • Cuscuz: 1 copo tipo chá
  • Brócolis: 4 flores
  • Tomates secos: 4 unidades
  • Alcaparras: 10 unidades
  • Azeite: 1 colher de sopa

Preparação

  • Pica as flores de brócolis cru
  • Hidrata os tomates
  • Misture o brócolis e tomate com alcaparras
  • Ferve o cuscuz, integra a preparação anterior.
  • Tempera com azeite de oliva.

OMELETTE DE ESPARGOS

Ingredientes:

  • Espargos: ½ pacote
  • Spray de óleo vegetal de oliva
  • Gema de ovo: 2 unidades
  • Queijo em fatias: 3 unidades

Preparação

  • Coloque os aspargos em uma tigela com água fervente e deixe repousar durante 2-3 minutos, até que estejam tenros e escorre
  • Cozinha com spray vegetal uma gema, adicione as fatias de queijo e os espargos inteiros
  • Adicione a outra gema e termina o cozimento até derreter o queijo
  • Tempera-se com pimenta preta a gosto.

SOPA DE FRANGO E VEGETAIS

Ingredientes

  • Frango: 1 coxa
  • Cebolinha: 1 unidade picada
  • Abóbora: ¼ unidade ralada
  • Brócolis: ¼ unidade picado
  • Nabo: ½ unidade ralado
  • Aipo: 1 ramo
  • Orégano: 1 colher de chá
  • Laurel: folhas
  • Manjericão: folhas
  • Azeite: 1 colher de sopa
  • Sal: 1 pitada

Preparação

  • Rehogar os ingredientes
  • Ferver a água com as ervas
  • Integrar o rehogado na água, adicionar o frango em tiras
  • Completar o cozimento do frango
  • Liquify, sal e rega-se com azeite.

OPINIÕES E RECOMENDAÇÕES

Seguindo a dieta dissociada, você pode emagrecer e atingir seu peso ideal, sem sentir fome, obtendo:

  • Melhorar a sua digestão e metabolismo, graças à combinação de nutrientes da dieta, o que é útil se você sofre de gastrite.
  • Promove a incorporação de hábitos alimentares saudáveis e promove a aprendizagem dos nutrientes dos alimentos, excepto na versão clássica.
  • Não se usa adquirir produtos especiais tornando-o acessível física e financeiramente, e as regras são fáceis de seguir.
  • Você pode comer a quantidade desejada de comida, sem limite até saciarte, desde que respeite a combinação de alimentos.
  • No entanto, a dieta dissociada pode ser desequilibrada, provocar deficiências nutricionais e problemas de saúde como o excesso de proteínas ou alteração de insulina, se você escolher a versão clássica e, se não for bem planejado por um profissional especializado em nutrição e alimentação.
  • Outra desvantagem, é que, ao abandonar a dieta, você pode experimentar o temido efeito rebote e aumento de peso se dá compulsão.
  • A dieta dissociada, é só não recomendada em crianças, alterando o crescimento normal durante a gravidez, amamentação e se você tem uma atividade física extenuante, uma vez que é deficiente quando as necessidades energéticas e de nutrientes estão aumentadas. Não obstante, em alguns esportes pode aumentar o desempenho, pelo que deve ser avaliado o seu caso em particular.
  • Por último, a dieta dissociada pode ser difícil e chata de seguir a longo prazo, se não é adaptada a cada indivíduo em particular.

Utilizar a dieta dissociada para emagrecer não só lhe permitirá atingir o seu peso desejado. Mas, além disso, se fará sentir de bom humor, ao melhorar a digestão e absorção de nutrientes. As mais recentes pesquisas no campo da saúde têm demonstrado que uma boa saúde intestinal é fundamental para a prevenção de doenças e a base de um estado de saúde ideal.

Os suportes de aditivos alimentares são fundamentais para facilitar a incorporação de outras substâncias e otimizar a cadeia produtiva de alimentos.

Os suportes de aditivosalimentares podem soar compostos com pouca relevância, mas a seguir, veremos que esses produtos são fundamentais para facilitar a incorporação de outras substâncias e otimizar a cadeia produtiva de alimentos.


Nesta entrada, você aprenderá uma pequena parte sobre os aditivos, como o são os suportes de aditivos. Mas, para mais informações:


Aditivos em alimentos: definição, classificação, função, usos e toxicidade


onde você aprenderá a detale cada um deles.


O conteúdo deste artigo


O que são os suportes para alimentos e para que são utilizados?


Os suportes para aditivos alimentares são substâncias utilizadas para diluir, dissolver-se, dispersar ou modificar o aspectodos alimentos. Podem ser um aromatizantes, uma enzima utilizada na alimentação, algum tipo de nutriente ou de outra substância que, adicionada a um alimento com fins nutricionais.


Além disso, podem ter que ver com o comportamento químico em si, os compostos que fazem parte do alimento, sem que implique alterar significativamente sua função, a fim de facilitar o seu manuseio, aplicação ou uso. Entre os tipos de suportes alimentares, existem os de origem natural e os artificiais ou de origem sintética.


Suportes de aditivos mais utilizados


Consideremos apenas quatro destes, os mais comuns na indústria de alimentos:


Propilenoglicol E-1520


Além de ser usado como suporte para aditivos, o seu uso também inclui o de sabor. Em grandes doses, em testes de laboratório produziu danos no sistema nervoso central. Portanto, recomenda-se cautela na sua ingestão, se bem que não são conhecidos com exatidão as alterações ou impacto que pode ter na saúde humana.

Tenha em conta que:O propilenoglicol, encontra-se em bebidas, onde serve como um suporte para os sabores e os estabilizadores compostos.

Maltitol (E-965i)


Este aditivo é um produto sintético que se obtém a partir dos açúcares do malte. Também é usada como adoçante baixo em calorias em produtos dietéticos. É usado em biscoitos, bebidas, chocolates, biscoitos, doces, produtos de confeitaria e baixos em gorduras.


Ainda em doses baixas, a sua ingestão pode causar efeitos gastrointestinais indesejáveis, como flatulência e diarréia. Ao aumentar a dose pode provocar cólicas intestinais de variável intensidade, por isso recomenda-se cautela na sua ingestão.



Lactitol (E-966)


Seu uso, como outros produtos deste tipo, além de ser um suporte para aditivos, também é usado como um adoçante artificial que se obtém a partir dos açúcares do leite, como a maltose. Tem um índice muito baixo em calorias.


Ao igual que o maltitol, pode produzir sintomas gastrointestinais, por isso recomenda-se ingerir em baixas doses. O lactitol está aprovado para uso em alimentos na maioria dos países de todo o mundo, dada a sua relativa inocuidade.


Cera de abelhas(E-901)


Esta cera, substância de origem natural tem utilidade, além de suporte alimentar, como agente de revestimento e agente antiaglomerante. É usada em produtos de pastelaria, doces, grãos de café e para tratar a pele de algumas frutas, especialmente as cítricas. Seu consumo é considerado inofensivo para a saúde humana.

Comparados com outros aditivos alimentares os suportes de aditivos são bastante inofensivos. Em todo o caso, nunca ultrapassam os produtos naturais, que não contêm agregados de qualquer tipo.